Nossos projetos

Projetos eólicos

Parque Eólico Ventos da Bahia

O Parque Eólico Ventos da Bahia foi o primeiro empreendimento da EDF Renewables no Brasil. Atualmente, o parque possui 3 fases sendo as fases 1 (66 MW) e 2 (116,6 MW) em operação desde 2017 e 2018, respectivamente, e a fase 3 (181,5 MW) em construção. Em dezembro de 2020, a Omega Geração, empresa brasileira de capital aberto, adquiriu 50% das fases 1 e 2. A EDF Renewables é responsável pela gestão dos ativos.

O parque está localizado nos municípios de Mulungu do Morro e Bonito, a 340 km de Salvador, no estado da Bahia. A partir de 2022, as 3 fases somarão 108 turbinas e serão capazes de evitar a emissão de cerca de 260mil t de COշ ao ano.

  • + de R$ 1,85

    bilhão em investimento
  • 365 MW

    em operação e
    em construção
  • 260 000
    t de CO2

    evitadas anualmente
  • 108

    aerogeradores

Complexo Eólico Folha Larga Norte

O Complexo Eólico Folha Larga Norte (344,4 MW) é composto por 2 fases e foi viabilizado pela contratação de venda de energia nos leilões do governo em 2018 e pela celebração de compromissos no mercado livre, como o PPA da Braskem. Pelo acordo, a maior produtora de resinas termoplásticas nas Américas se comprometeu a comprar energia do projeto da EDF Renewables por 20 anos. A entrada em operação comercial da fase 1 foi alcançada em outubro de 2020 e a da fase 2 em abril de 2021.

O parque está localizado no interior da Bahia, no município de Campo Formoso. A geração de ambas as fases será suficiente para atender as necessidades de consumo de cerca de 850 mil lares brasileiros e evitar a emissão de aproximadamente 285 mil toneladas de COշ na atmosfera ao ano.

  • + de R$ 1,5

    bilhão investido
  • 344 MW

    em operação
  • 285 mil t de CO2

    evitadas anualmente
  • 82

    aerogeradores

Parque Eólico Serra do Seridó

O Parque Eólico Serra do Seridó (242MW), localizado nos municípios de Junco do Seridó e Santa Luzia, representa o 1º empreendimento da EDF Renewables no estado da Paraíba, nordeste do Brasil. O projeto foi viabilizado pelo leilão federal de 2019 e por PPA no mercado livre. As obras para a construção do Parque Eólico Serra do Seridó serão iniciadas em 2021 e a entrada em operação comercial está prevista para 2023.

  • R$ 1

    bilhão em investimento
  • 242 MW

    em construção
  • 208 mil t de CO2

    evitadas anualmente
  • 44

    aerogeradores